Brumado Na Mira
Direção do 97NEWS repudia 'fake news' com o nome do vereador Rubens Araújo
Brumado

Direção do 97NEWS repudia 'fake news' com o nome do vereador Rubens Araújo

Nesta terça-feira (08), o vereador do Podemos, Rubens Araújo, foi vítima de uma Fake News que se espalhou pelas redes sociais. Em uma suposta matéria que teria sido veiculada no site 97NEWS, o texto da manchete diz: "Brumado: Máfia das vacinas - Denúncia revela esquema de distribuição de senhas liderado por vereador." No texto da matéria a fake news cita que o então vereador Rubens estaria adquirindo senhas para vacinação contra a Covid-19 de forma ilegal. "Cogita-se a possibilidade do vereador fazer o uso da guarda municipal para conseguir as senhas", diz o texto. No entanto, a direção de jornalismo do site 97NEWS vem a público esclarecer aos seus leitores que essa matéria não faz parte de sua grade de jornalismo e nem se quer é encontrada através de links, no qual o leitor pode acessar. A nossa equipe "repudia" este tipo de compartilhamento "grotesco" como é possível observar. No post em questão citado, o formato das letras não condiz com o mesmo utilizado pelo site. Além disso, no corpo do próprio texto da matéria, a escrita utilizada não segue um padrão jornalístico, ou seja, "não informa de maneira correta" a fonte da notícia. Na falsa notícia, o criminoso usou a capa do referido site para montar o "título" e o "corpo do texto", dando uma falsa impressão de que seria um fato verdadeiro. Salientamos ainda que o nosso papel é de informar, denunciar e esclarecer quaisquer que sejam os fatos, mas de maneira correta e coerente, buscando a fundo a fonte da notícia e os esclarecimentos do personagem citado. Sabemos que durante a pandemia, as feke news são mais frequentes, principalmente nas redes sociais, mas assim como outros órgãos de imprensa de Brumado, vamos combater esse tipo de crime. Informamos ainda que o nosso corpo jurídico da empresa já acionou os canais da Justiça, afim de que busquemos o "culpado" ou "os culpados" pela criação e compartilhamento da referida Feke News.

Fonte: 97news