Brumado Na Mira
SINDSEMB, aciona a polícia e o ministério público para fazer o município cumprir o toque de recolher em relação aos servidores.
Brumado

SINDSEMB, aciona a polícia e o ministério público para fazer o município cumprir o toque de recolher em relação aos servidores.

O SINDSEMB - Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Brumado (BA) - preocupado com a grave situação enfrentada pelo Município no tocante à pandemia, sobretudo que tange à proteção do Servidor Público, notificou às autoridades policiais e o Ministério Público acerca do descumprimento por parte da Prefeitura Municipal do Decreto Estadual que determina o toque de recolher em toda a Bahia a partir das 18hs. 
 

A Prefeitura, na contramão das disposições, manteve o encerramento do ponto de seus funcionários às 18:15, em vez de encerrar às 17:30 (trinta minutos antes do toque de recolher), conforme dispõe o Decreto.
 

O Sindicato entende que, além da obrigação legal, o Município tem a obrigação moral de cumprir com as determinações, com vistas a dar o exemplo para toda a sociedade. 
 

A cidade de Brumado registrou quase 60 novos óbitos por Covid-19 nos últimos 30 dias, totalizando 116 desde o início da pandemia. Jornalistas já apontam o Município como o epicentro da doença na Região sudoeste da Bahia.

ASCOM SINDSEMB

SINDSEMB, aciona a polícia e o ministério público para fazer o município cumprir o toque de recolher em relação aos servidores.

SINDSEMB, aciona a polícia e o ministério público para fazer o município cumprir o toque de recolher em relação aos servidores.