Brumado Na Mira
Brumado: APLB avalia protocolos e cobra dados técnicos de biossegurança para retorno das aulas presenciais
Bahia

Brumado: APLB avalia protocolos e cobra dados técnicos de biossegurança para retorno das aulas presenciais

Juntamente com o Conselho Municipal de Educação e o Ministério Público, a APLB Sindicato está colaborando no processo de avaliação do protocolo de biossegurança para retomada das aulas presenciais em Brumado. Em entrevista Vanuza Lobo, presidente da APLB, disse que ainda falta a realização de um estudo técnico para endossar a viabilidade do documento. “Não temos aporte para fazer esse estudo. Precisaríamos da Vigilância Sanitária, do parecer de um infectologista, de pediatras, psicólogos, segurança e medicina do trabalho. Precisamos do parecer deles para avalizar e dizer como deve ser esse retorno. Tem que haver esse estudo técnico. São vidas!”, pontuou. Lobo criticou que o Município, apesar de ter toda a máquina pública à sua disposição, não apresentou sequer a participação da Secretaria de Saúde na elaboração do protocolo. “Como vamos levar crianças, adolescentes e professores em um espaço para trabalhar sendo que não houve um estudo técnico? O documento contou apenas com o senso comum. Tem referenciais, mas no corpo do documento não existem as questões de logística, cronograma, como vai ser o distanciamento. Somos a favor do retorno, mas com segurança, depois da vacina”, declarou.

Fonte: Achei Sudoeste