Governo prorroga até 15 de novembro decreto que proíbe aulas na Bahia

Governo prorroga até 15 de novembro decreto que proíbe aulas na Bahia

Aulas nas unidades de ensino das redes pública e privada seguem suspensas em toda a Bahia. O Governo do Estado decidiu prorrogar o decreto nº 19.586, que venceria neste domingo (25), e alterou de 100 para 200 o número máximo de pessoas em eventos. A prorrogação, que será publicada no Diário Oficial do Estado (DOE) deste sábado (24), vale até o dia 15 de novembro. A publicação também revoga o trabalho remoto de servidores que tenham 60 ou mais anos de idade. Conforme o decreto, estão proibidas as atividades com público superior a 200 pessoas, como shows, eventos religiosos, feiras, apresentações circenses, eventos científicos e passeatas.

Fonte: Agora Sudoeste

Desemprego na Bahia chega a 19,6% e atinge 1,2 milhão de pessoas; taxa é a maior do país

Desemprego na Bahia chega a 19,6% e atinge 1,2 milhão de pessoas; taxa é a maior do país

Apesar de uma leve reação do mercado de trabalho, a taxa de desocupação na Bahia alcançou 19,6% da população em setembro, o maior índice do país — o que representa um contingente de 1,2 milhão de desempregados. Em agosto, o índice havia sido de 18,1%.

Os dados são do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística).

Segundo o levantamento, a alta ocorreu porque, em relação a agosto, o aumento do número de pessoas ocupadas, ou seja trabalhando (+93 mil), foi inferior ao aumento no número de pessoas desocupadas (procuraram trabalho, mas não encontraram). Esse grupo cresceu 12,5%, passando de 1,078 milhão para 1,213 milhão, o que representou, em um mês, mais 135 mil pessoas.

De acordo com o IBGE, assim como já havia ocorrido no mês anterior, na passagem de agosto para setembro, o estado baiano obteve o maior aumento absoluto do país no número de pessoas procurando trabalho (+135 mil).

O contínuo aumento no número de pessoas desocupadas tem relação com a nova queda registrada no número de pessoas que não estavam trabalhando, queriam trabalhar, mas nem chegaram a procurar emprego por causa da pandemia ou por não haver oportunidades onde viviam.

Avanço discreto

Em setembro, o número de pessoas trabalhando (população ocupada) na Bahia mostrou seu primeiro crescimento estatisticamente significativo desde maio. Passou de 4,887 milhões em agosto para 4,973 milhões de pessoas de 14 anos ou mais de idade no mês passado (+1,9%), o que representou mais 93 mil pessoas trabalhando.

Conforme o IBGE, esse aumento absoluto (+93 mil trabalhadores) foi o segundo maior entre os estados, abaixo apenas do verificado em São Paulo, onde a população ocupada cresceu em 130 mil pessoas de agosto para setembro (+0,7%), chegando a 20 milhões de trabalhadores no mês passado.

Com o maior número de pessoas trabalhando, o nível da ocupação (percentual de pessoas de 14 anos ou mais de idade que trabalham) voltou a crescer na Bahia e chegou a 41,4% em setembro.

Apesar da melhora, o indicador ainda não atingiu o patamar de maio (42,9%), e o  de trabalhadores no estado ainda está abaixo do existente naquele mês (5,1 milhões de pessoas ocupadas).

De agosto para setembro, 9 das 12 atividades econômicas têm saldo positivo de trabalhadores, puxadas pelo comércio (+51 mil ocupados)

A alta na população ocupada na Bahia foi puxada pelo comércio; reparação de veículos automotores e motocicletas. O segmento teve os maiores crescimentos absoluto e relativo no número de trabalhadores entre agosto e setembro e respondeu por mais da metade dos novos postos de trabalho nesse período.

No mês passado, o comércio tinha 919 mil trabalhadores na Bahia, o maior número desde maio. Esse contingente cresceu 5,8% frente a agosto, o que significou mais 51 mil pessoas trabalhando no setor, em um mês.

Mas a passagem de agosto para setembro viu a população ocupada crescer em quase todas as atividades na Bahia: houve aumento do número de trabalhadores em 9 dos 12 segmentos pesquisados.

Além do comércio, tiveram altas importantes também os setores de construção (+16 mil pessoas ocupadas entre agosto e setembro) e a indústria de transformação (+15 mil trabalhadores).

Apenas serviços domésticos (menos 11 mil trabalhadores, -4,3%) e outras atividades (menos 13 mil pessoas, -35,3%) seguiram com redução nas suas populações ocupadas. Administração pública, defesa e seguridade social, educação, saúde humana e serviços sociais mostrou estabilidade.

Fonte: Brumado Urgente

ACM Neto admite risco de 2ª onda de contaminações e faz apelo por uso de máscara

ACM Neto admite risco de 2ª onda de contaminações e faz apelo por uso de máscara

O prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM), disse na manhã desta sexta-feira (23) não descartar a possibilidade de uma segunda onda de contaminações por Covid-19 atingir a capital baiana. Segundo o gestor, o avanço de novos casos e mortes em decorrência da doença na Europa é um alerta importante do que poderá ocorrer nos Brasil. “É preciso ver o que está acontecendo aí fora, porque de fato há risco de segunda onda. Porque está acontecendo em outros lugares. Por que está acontecendo lá, e não vai acontecer aqui? Se aqui nós vivemos e passamos por tudo o que passamos”, disse o prefeito em uma entrevista coletiva. ACM Neto afirmou estar preocupado ao ver parte da população ignorando o uso de máscaras nas ruas. “Infelizmente, eu tenho visto muita gente sem máscara, Isso é o que está me preocupando mais hoje. Não dá pra gente relaxar”, declarou ele. “Por favor usem máscaras. Isso é o mínimo que a gente possa fazer”, apelou o prefeito.

Fonte: Brumado Urgente

Bahia registra 23 óbitos por Covid-19 nas últimas 24h

Bahia registra 23 óbitos por Covid-19 nas últimas 24h

Na Bahia, nas últimas 24 horas, foram registrados 1.450 casos de Covid-19 (taxa de crescimento de +0,4%) e 1.266 recuperados (+0,4%). Dos 340.665 casos confirmados desde o início da pandemia, 326.400 já são considerados sem sintomas e 6.858 encontram-se ativos. Os casos confirmados ocorreram em 417 municípios baianos, com maior proporção em Salvador (26,59%). O boletim epidemiológico contabiliza ainda 691.022 casos descartados e 80.027 em investigação. Estes dados representam notificações oficiais compiladas pelo Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde da Bahia (Cievs-BA), em conjunto com os Cievs municipais e as bases de dados do Ministério da Saúde até as 17 horas desta quinta-feira (22). O boletim epidemiológico de contabiliza 23 óbitos que ocorreram em diversas datas.

Fonte: Agora Sudoeste

ACM Neto avalia possibilidade de liberar acesso às praias aos sábados

ACM Neto avalia possibilidade de liberar acesso às praias aos sábados

O prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM), comentou nesta quinta-feira, 22, a possibilidade de ampliar a flexibilização do acesso às praias da capital baiana, incluindo os sábados nos dias permitidos. No momento, esse lazer está liberado para os banhistas de segunda a sexta-feira, exceto feriados.

“Estamos nos preparando para liberar as praias aos sábados”, explicou o prefeito, que disse que os domingos e feriados serão liberados posteriormente. “Vamos esperar mais um pouco pois tudo o que está sendo feito tem mostrado bom resultado. Vamos nesse compasso de dar passadas seguras e agindo com cautela e prudência”, afirmou o prefeito.

Fonte: atarde.uol

Intensidade da seca na Bahia tem leve aumento, aponta monitor da Agência Nacional de Águas

Intensidade da seca na Bahia tem leve aumento, aponta monitor da Agência Nacional de Águas

Áreas atingidas por seca na região oeste da Bahia passaram à categoria de seca moderada, entre os meses de agosto e setembro, de acordo com dados do Monitor das Secas, da Agência Nacional de Águas (ANA). A passagem de seca "fraca" para "moderada" na região indica um agravamento do fenômeno da seca no estado. Os indicadores passam por graus de seca fraca, moderada, grave, extrema ou excepcional. Com a mudança na região oeste, a área com registro de "seca moderada", que representava 17,85% do todo território baiano, passou para 21,87% do território total do estado. Entre agosto e setembro, a área com seca na Bahia permaneceu estável no patamar de 68% – menor desde agosto de 2015 (61,7%). No entanto, de acordo com Mapa, a severidade do fenômeno aumentou devido a elevação do território com seca considerada moderada.

Fonte: Brumado Urgente

Explosão de caminhão da EPCL é investigada pelo MPT

Explosão de caminhão da EPCL é investigada pelo MPT

O Ministério Público do Trabalho (MPT) iniciou as investigações referente a morte de três trabalhadores, em decorrência da explosão de um caminhão na última segunda-feira (19), na zona rural do município de Cocos, no oeste da Bahia. O caminhão é da Empreendimentos, Projetos e Construções (EPCL), empresa que presta serviços terceirizados para a Companhia de Eletricidade do Estado da Bahia (Coelba). O veículo de carga bateu em uma árvore, em seguida explodiu e ficou completamente destruído. Não há informações sobre as causas do acidente e nem confirmação se a explosão aconteceu antes ou após a batida, a suspeita é que explosão pode ter sido causada por dinamites, usadas pela empresa para perfurar buracos. As vítimas foram projetadas para fora do caminhão e não resistiram aos ferimentos. O caso também é investigado pela Polícia Civil.

Fonte: Agora Sudoeste

ACM Neto descarta aprovação automática de alunos por causa da pandemia

ACM Neto descarta aprovação automática de alunos por causa da pandemia

O prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM), descartou nesta quarta-feira (21) a aprovação automática de alunos da rede municipal de ensino. A questão está sendo discutida por prefeituras no país, que ainda planejam como será a volta às aulas presenciais, suspensas devido à pandemia de coronavírus.

Em entrevista coletiva para anunciar a versão virtual da Maratona Salvador 2020, o prefeito classificou como “absurda” a aprovação ou reprovação automáticos dos alunos. Ele ainda defendeu ser necessária uma diretriz nacional sobre o tema e convocou o governo federal a conduzir discussões relacionadas ao assunto.

“Não haverá nem aprovação nem reprovação automática. Acho absurdo esse tipo de medida. Defendo que essa seja uma medida nacional, que seja adotada em conjunto por prefeituras, governadores. O ideal é que o governo federal coordenasse esse trabalho, mas, infelizmente, o governo federal não faz sua parte nesta questão”, lamentou.

O prefeito não chegou a dar solução para o problema aprovação ou reprovação, mas defendeu que seja feito uma junção do conteúdo não dado em 2020 e do previsto para 2021, como forma de minimizar os impactos de um ano letivo quase perdido.

“Será necessário montar um calendário de horas-aulas e conteúdo de 2020 e 2021, um plano que nem reprova e considera o ano perdido e nem aprova e esquece o assunto que tinha que ser dado e não foi dado. A gente tem que ter capacidade de construir um novo calendário, olhando quanto tempo teremos de aula até 2021, observando o quanto de conteúdo precisa ser dado”, afirmou. 

Ele ainda falou que a prefeitura precisará fazer o reforço escolar para os alunos, como forma de contemplar o período sem aulas. “Nós iremos, com solução e tecnologia, quando as aulas voltarem, dar reforço escolar. A criança terá mais tempo de estudo do que teria em um ano comum. Quando as aulas voltarem, não há como imaginar férias normais, recessos normais, serão inevitáveis aulas aos fins de semana”, declarou. 

SEM DATA DE RETORNO

Neto e o governador da Bahia, Rui Costa, vão se reunir nesta quarta para discutir a situação da pandemia de Covid-19 na capital baiana. Na pauta, além de outros assuntos, está a volta às aulas presenciais. Mas o prefeito tratou de diminuir as expectativas de quem acredita que, da reunião, sairá alguma data para retomada das atividades escolares.

"Vamos especular algumas hipóteses, mas não significa dizer que vamos apresentar um plano ou cronograma. Planos já temos, definições de protocolos, regras, isso está bem desenhado. Mas não queremos deixar nenhuma frustração de que sairemos dessa reunião com algum prazo", afirmou o prefeito, cauteloso. 

Fonte: Bahia Notícias

Estado nomeia 183 novos profissionais para a Polícia Civil

Estado nomeia 183 novos profissionais para a Polícia Civil

O Governo do Estado nomeia, no próximo sábado (24), 183 novos profissionais na área de segurança pública na Bahia. De acordo com decreto estadual, publicado no Diário Oficial do Estado (DOE), passam a integrar os quadros da Polícia Civil 12 delegados, 161 investigadores e dez escrivães aprovados em concurso público para o órgão. Esta é a primeira nomeação para a Polícia Civil da Bahia referente ao último concurso público do órgão, em agosto do ano passado. O certame foi organizado pela Fundação para o Vestibular da Universidade Júlio de Mesquita Filho – Fundação Vunesp, contratada pela Secretaria da Administração (Saeb).

 Fonte: Agora Sudoeste
 

Ministério da Saúde anuncia compra de 46 milhões da vacina Coronavac e diz que imunização começa no 1º semestre de 2021

Ministério da Saúde anuncia compra de 46 milhões da vacina Coronavac e diz que imunização começa no 1º semestre de 2021

O governo brasileiro vai comprar 46 milhões de doses da Coronavac, vacina do Instituto Butantan produzida em parceria com a empresa chinesa Sinovac, conforme foi anunciado em reunião com governadores nesta terça-feira (20). De acordo com informações do ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, as doses serão distribuídas a todo o Brasil por meio do Programa Nacional de Imunizações (PNI), que há décadas já garante o sucesso das campanhas nacionais de vacinação. Antes do anúncio desta terça-feira, a previsão do ministério era ter 140 milhões de doses no primeiro semestre de 2021.

Fonte: Agora Sudoeste

Policiais baianos terão acesso a app para consultar mandados de prisão e carros roubados

Policiais baianos terão acesso a app para consultar mandados de prisão e carros roubados

De forma inédita, a Secretaria Nacional de Segurança Pública do Ministério da Justiça e Segurança Pública (Senasp/MJSP) está percorrendo as cinco regiões do País com a ação “Senasp Itinerante”, que busca ampliar a interlocução da pasta com as secretarias estaduais da área e ouvir as principais demandas dos Estados para apresentar soluções voltadas à melhoria da segurança pública, de acordo com a realidade local. A região Nordeste será a segunda a receber o projeto, que acontece em Natal (RN), entre hoje (20) e quinta (22). Na ocasião, segundo a pasta, serão apresentadas sugestões para melhoria das condições de trabalho, como o aplicativo Sinesp Agente de Campo, ferramenta digital gratuita que será entregue pela Secretaria Nacional de Segurança Pública às forças policiais para acesso a mandados de prisão e busca nacional de veículos roubados, entre outras operações. O aplicativo é destinado aos agentes do Sistema Único de Segurança Pública (Susp) que já utilizam as ferramentas do Sistema Nacional de Informações de Segurança Pública (Sinesp). Somente na região Nordeste, serão 20.039 agentes. No estado da Bahia, o aplicativo vai integrar 3.179 agentes da segurança pública que já utilizam as ferramentas do Sinesp e que poderão ter acesso ao novo Agente de Campo.

Fonte: Brumado Urgente

Eleições municipais fazem números da Covid-19 aumentar no interior; MP-BA já notificou 21 municípios

Eleições municipais fazem números da Covid-19 aumentar no interior; MP-BA já notificou 21 municípios

No interior baiano, vêm crescendo a quantidade de pessoas infectadas pela Covid-19 na última semana, de acordo com os boletins da Secretaria de Saúde da Bahia (Sesab). O Ministério Público da Bahia (MP-BA) notificou pelo menos 21 municípios, nos quais houve descumprimento de regras por candidatos. Carreatas, comícios e qualquer evento de campanha devem ser limitados a 100 pessoas.

Em Abaíra, município de 9 mil habitantes, localizado na Chapada Diamantina, tinha apenas 20 casos de Covid-19 confirmados até o sábado (10). Seis dias depois, ocorreu um aumento de quase 200% - 59 pessoas já tinham o diagnóstico positivo. Em setembro, houve um evento político que aglomerou eleitores. Os vereadores de oposição acionam o MP para apurar possíveis crimes na convenção do DEM.

A Secretaria da Saúde da Bahia (Sesab) enviou nota técnica ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE-BA) pedindo o fim de qualquer evento do tipo, com exceção das carreatas que não tem pessoas acompanhando a pé. O TRE-BA informou que não tem “poder de polícia” para regular a situação, pois suas interferências estão limitadas às propagandas eleitorais. O procurador regional eleitoral Cláudio Gusmão explicou que as questões relativas à eleição municipal ficam sob a atribuição da Promotoria Eleitoral com ofício nas zonas eleitorais.

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) informou que os órgãos responsáveis para receber e apurar eventuais denúncias sobre excessos ou irregularidades ocorridas na campanha eleitoral municipal são o Ministério Público Eleitoral (MPEs) e o respectivo TRE. Denúncias para o MP podem serem feitas pelo telefone 0800 642 4577, ao Núcleo Eleitoral (71) 3103-0349 ou a promotoria de justiça do seu município. O TRE-BA recebe apenas denúncias de propaganda irregular pelo aplicativo Pardal e pelo telefone (71) 3373-7000.

Fonte: Brumado Urgente

Justiça proíbe eventos políticos em três cidades baianas

Justiça proíbe eventos políticos em três cidades baianas

A pedido do Ministério Público Eleitoral (MPE), a 146ª zona eleitoral, em Iguaí, proibiu a realização de eventos políticos que desrespeitem as normas sanitárias estabelecidas na pandemia. A medida afeta não só Iguaí, mas também os municípios de Ibicuí e Nova Canaã, integrados à zona.

Segundo informações do portal Políticos do Sul da Bahia, o juiz Wagner Ribeiro Rodrigues citou a Nota Técnica da Secretaria de Saúde do Estado (Sesab) que alerta sobre o aumento de casos de Covid-19 na Bahia. Com as eleições municipais em curso, têm sido frequentes os flagrantes de eventos com aglomerações que colocam a população em risco.

Diante desse cenário, a decisão proíbe caminhadas, passeatas, carreatas e comícios que descumprirem “normas sanitárias previstas no Parecer Técnico do Comitê Estadual em Emergência em Saúde – SESAB/GAB/COES nº 20/2020, atualizado pela Nota Técnica COE SAÚDE n. 81, de 29 de setembro de 2020, revisitada em 09 de outubro, além do uso expresso de paredões para sonorização dos eventos”, diz a decisão.

A medida prevê multa de R$ 50 mil por dia de evento para as coligações que descumprirem a determinação judicial, além da possibilidade de responder na esfera cível por crime de desobediência.

Fonte: Bahia Notícias

Rui anuncia pagamento da quarta parcela do vale-alimentação estudantil

Rui anuncia pagamento da quarta parcela do vale-alimentação estudantil

O governador Rui Costa anunciou, nesta sexta-feira (16), o pagamento de mais uma parcela do vale-alimentação estudantil. O benefício visa a segurança alimentar dos estudantes e de suas famílias, neste período de suspensão das aulas por causa da pandemia do novo Coronavírus.

Nesta quarta parcela serão investidos mais R$ 44 milhões, totalizando um investimento de R$ 176 milhões de recursos próprios do Governo do Estado. A previsão é de que o crédito já esteja depositado nos cartões no próximo dia 26. Rui também informou que, na próxima semana, serão testados para Covid-19 estudantes e profissionais de Educação da área da Liberdade. 

“Já definimos com os secretários da Fazenda e da Educação o pagamento da ajuda aos estudantes, que corresponde a uma cesta básica. Dia 26 foi o prazo que a empresa de cartão de crédito disponibilizou, por questões técnicas para fazer o pagamento. Portanto, dia 26 o dinheiro estará depositado na conta dos cerca de 750 mil alunos da rede estadual de ensino”, informou o governador.

O secretário da Educação do Estado, Jerônimo Rodrigues, lembrou que todos os estudantes regularmente matriculados na rede estadual de ensino têm direito ao benefício, que é de R$ 55 por parcela. “Estes recursos que estão sendo destinados ao vale-alimentação estudantil não estavam previstos no orçamento e o Governo do Estado faz mais este esforço, o que ressalta a preocupação e o zelo do governador Rui Costa com os nossos estudantes. As parcelas não equivalem a pagamentos mensais, mas representam uma contribuição alimentar e social importante para os estudantes e suas famílias, além de movimentarem a economia nos 417 municípios baianos”, afirmou. 

Para a retirada da quarta parcela, o estudante deverá usar o mesmo cartão utilizado anteriormente, com a bandeira Alelo, que é aceito em mais de 18 mil estabelecimentos em toda a Bahia. O recurso é destinado, exclusivamente, para a compra de gêneros alimentícios, como feijão, arroz, macarrão, carne, frango, frutas, verduras, café e leite, sendo que a aquisição dos alimentos é de livre escolha dos estudantes. 

A Secretaria da Educação do Estado reforça a orientação para que vá ao supermercado apenas um membro da família, seguindo todas as normas de segurança, como o uso de máscaras de proteção individual, em função da pandemia pelo novo Coronavírus. Em caso de dúvidas, o estudante pode entrar em contato com a escola onde está matriculado. A secretaria também disponibiliza os canais da Ouvidoria pelo 0800 284 0011, pelo e-mail [email protected] ou pelo Fale com a Ouvidoria, disponível no Portal da Educação (institucional.educacao.ba.gov.br/falecomouvidoria)

Fonte: Bahia Notícias

Polícia Federal cumpre mandados em Salvador em nova fase da Operação Lava Jato

Polícia Federal cumpre mandados em Salvador em nova fase da Operação Lava Jato

A Polícia Federal cumpre nesta sexta-feira (16), em Salvador, mandados de busca e apreensão em nova fase da Operação Lava Jato. Batizada de Marquetagem, a ação também cumpre ordens judiciais em Fortaleza (CE) e São Paulo (SP). Ao todo, nas três capitais, foram expedidos 17 mandados de busca e apreensão pela Justiça Eleitoral de Fortaleza. A investigação consiste em mais uma fase a Operação Lava Jato Eleitoral, que teve início em 2018 com a colaboração premiada dos executivos do Grupo J&F. A ação desta sexta busca encontrar mais provas sobre os supostos crimes comeditos por agentes políticos e empresários envolvidos na liberação de créditos tributários oriundos do Programa de Incentivos às Atividades Portuárias e Industriais do Ceará (Proapi), em troca do recebimento de vantagem indevida. Segundo a Polícia Federal, os pagamentos, que totalizam R$ 25 milhões, teriam ocorrido por meio da simulação da prestação de serviços publicitários e do uso de notas fiscais frias, bem como através de doações oficiais para campanhas eleitorais nos anos de 2010 e 2014. Os investigados poderão responder pelos crimes de falsidade ideológica eleitoral, corrupção, lavagem de dinheiro e integrar organização criminosa. A operação foi batizada de Marquetagem, em alusão ao significado do termo que define o uso da publicidade distante dos valores éticos. 

Fonte: Brumado Urgente