Decreto Municipal libera eventos para até 50 pessoas em Vitória da Conquista

Decreto Municipal libera eventos para até 50 pessoas em Vitória da Conquista

A partir de segunda-feira (14) fica permitida no território do município de Vitória da Conquista a realização de eventos sociais e de entretenimento, limitados a 50% da capacidade de cada local de eventos e a no máximo 50 pessoas, respeitando-se os protocolos sanitários, como uso de máscara, álcool 70% e distanciamento mínimo de 1,5 metro. A determinação faz parte do Decreto nº 21.133, publicado no Diário Oficial do Município, que prorroga por sete dias o prazo das medidas restritivas de prevenção à Covid-19. A Prefeitura manteve os horários de funcionamento dos shoppings centers (das 10h às 21h) e do comércio de rua e dos estabelecimentos que prestam serviços que, desde o último dia 9, podem funcionar de segunda a sexta-feira, inclusive aos sábados e domingos, até às 20h.

Fonte: Agora Sudoeste 

Fraternos: Juiz indica que grupo operava no mesmo 'modus operandi' desde 2008

Fraternos: Juiz indica que grupo operava no mesmo 'modus operandi' desde 2008

A prisão dos ex-prefeitos de Porto Seguro e Eunápolis, Claudia Oliveira e Robério Oliveira, foram justificadas pelo juiz Pablo Enrique Carneiro Baldivieso, da Vara Federal Cível e Criminal de Eunápolis, pois realizavam crimes desde 2008, através do mesmo modus operandi, e estava ainda em plena atividade. A prisão ocorreu na manhã desta terça-feira (15).

Ao acatar o pedido do Ministério Público Federal (MPF), o magistrado afirma que os ex-prefeitos, apesar de não exercerem mais cargos públicos, ainda realizam uma “empreitada criminosa diante da grande gama de pessoas que ainda lhe são obedientes a exemplo de servidores públicos, e do próprio e atual Prefeito de Santa Cruz de Cabrália”. De acordo com a investigação, o atual prefeito da cidade, Agnelo Santos - irmão de Cláudia Oliveira -, era empresário do grupo criminoso. No despacho, o juiz diz que o grupo somente “substituiu as pessoas que foram investigadas por outras”. Outro indício apontado na decisão é que a maioria dos servidores públicos de cargo de chefia foram transferidos dos municípios de Eunápolis e Porto Seguro para Santa Cruz Cabrália.

O receio dos investigadores é da possibilidade de ocorrência de novos crimes, caso os investigados fiquem em liberdade, pois estão a “todo instante lesando o erário público”, desviando verbas públicas. O MPF chegou a ajuizar 11 denúncias contra os envolvidos no esquema na Justiça Federal de Eunápolis. “Assim, a medida é atual e não trata somente de fatos pretéritos, uma vez que os representados, caso em liberdade, podem dificultar a instrução criminal e por em risco o bom andamento do processo. Tal fato fica evidente, porque nas investigações ficou demonstrado que os acusados podem dificultar a colheita de provas, intimidar pessoas a não prestarem esclarecimentos para a justiça e ainda na possível destruição de provas ou manipulação de dados e testemunhas”, considera o juiz federal. 

Entre conteúdos da denúncia do MPF, há um episódio em que o ente municipal teria ofertado uma contestação sobre compra de terras, impugnando o valor para R$ 150 o metro quadrado e, posteriormente, firmou um acordo para pagar R$ 750 na mesma metragem. É apontado que o acordo teria sido firmado a partir de uma ligação existente entre o candidato a prefeito de Porto Seguro, Uldorico Júnior - apoiado por Cláudia Oliveira -, e o autor da demanda, Lucas Caires Pinto. 

Segundo o MPF, a contestação foi apresentada pela prefeitura em outubro de 2017 por uma hipervalorização do terreno, que fora supostamente invadida, e que buscava assim o “enriquecimento ilícito com a demanda judicial”, aduzindo que os autores da ação agiram de má-fé. O acordo foi firmado nos dias finais do mandato de Cláudia Oliveira, em 9 de novembro de 2020, oito anos após o início do litígio, sem qualquer decisão desfavorável ao Município de Porto Seguro. “Ou seja, o município não havia sido vencido sequer na 1³ Instância; c) O desconhecimento do acordo pela advogada que militou durante todo o processo; d) A existência de manifestações de dois procuradores do município diametralmente opostas, em intervalo de 15 dias; e) O fato de que a manifestação judicial no processo ocorreu posteriormente a parecer favorável ao acordo judicial, indicando que o procurador que representava a demanda judicialmente muito provavelmente desconhecia a existência do acordo em comento", destaca o juiz na sentença.

Fonte: Bahia Notícias

Bahia registra 1.805 novos casos de Covid-19 e mais 88 óbitos pela doença

Bahia registra 1.805 novos casos de Covid-19 e mais 88 óbitos pela doença

Na Bahia, nas últimas 24 horas, foram registrados 1.805 casos de Covid-19 (taxa de crescimento de +0,2%) e 2.373 recuperados (+0,2%). O boletim epidemiológico desta segunda-feira (14) também registra 88 óbitos. Apesar de as mortes terem ocorrido em diversas datas, a confirmação e registro foram realizados hoje. Dos 1.066.552 casos confirmados desde o início da pandemia, 1.030.977 já são considerados recuperados, 12.974 encontram-se ativos e 22.601 tiveram óbito confirmado. O boletim epidemiológico contabiliza ainda 1.319.208 casos descartados e 236.600 em investigação. Estes dados representam notificações oficiais compiladas pela Diretoria de Vigilância Epidemiológica em Saúde da Bahia (Divep-BA), em conjunto com as vigilâncias municipais e as bases de dados do Ministério da Saúde até as 17 horas desta segunda-feira. Na Bahia, 49.942 profissionais da saúde foram confirmados para Covid-19. O número total de óbitos por Covid-19 na Bahia desde o início da pandemia é de 22.601, representando uma letalidade de 2,12%. Dentre os óbitos, 55,82% ocorreram no sexo masculino e 44,18% no sexo feminino.

Fonte: Agora Sudoeste

Rui Costa diz que aulas presenciais devem voltar quando taxa de ocupação de UTI estiver abaixo de 80%

Rui Costa diz que aulas presenciais devem voltar quando taxa de ocupação de UTI estiver abaixo de 80%

O governador  da Bahia, Rui Costa declarou durante coletiva de imprensa na manhã desta segunda-feira (14) que os principais indicadores para decidir quando as aulas presenciais retornarão são o número de ocupação de leitos de UTI e o contigente de casos ativos no estado. De acordo com informações do Correio da Bahia, ele ainda citou que se os dois caírem nos próximos meses, as aulas voltam. "Eu não vou esperar ter 75% da população vacinada, vamos ter aulas antes. Assim que baixar a taxa de ocupação e o número de contaminados, nós vamos voltar com as aulas, não dá mais pra esperar", disse o gestor municipal.  Perguntado sobre os números que o Governo tem como objetivo para ver como seguro um retorno às aulas presenciais, Rui disse que a meta já está estabelecida. "A ideia é que, se a gente conseguir voltar para um patamar de 8 ou 10 mil casos ativos e com uma ocupação abaixo dos 80%, tendo números estáveis. Não é um dia com 79% e outro com 80%. Só se a gente conseguir ficar uma semana inteira com os indicadores no patamar desejado, mas os dois números têm que cair juntos", explicou.

Fonte: Agora Sudoeste

Rui Costa inicia quarta Reforma da Previdência com medidas mais duras que Bolsonaro

Rui Costa inicia quarta Reforma da Previdência com medidas mais duras que Bolsonaro

Tramitam na Assembleia Legislativa da Bahia a PEC 163/21 e o PL 24.196/2021, que se constituem como mais uma Reforma da Previdência estadual, a quarta desde o primeiro mandato do governador Rui Costa. Nessa nova ofensiva contra as servidoras e servidores do Estado, o governo pretende instituir cláusulas de barreira de 10 anos para interferir nos cálculos do valor das aposentadorias, alterar a contribuição dos inativos com deficiência ou doenças incapacitantes e impedir o uso de regras de transição antigas mais brandas. Alguns pontos dos novos projetos são mais duros para os servidores baianos do que a Reforma da Previdência do governo Bolsonaro.

Cláusulas de barreira

As mudanças de carga horária serão consideradas a partir da média dos 10 anos antes do requerimento da aposentadoria. A situação pode reduzir aposentadorias dos docentes que realizaram mudança de regime de trabalho e pretendem se aposentar antes do período estipulado na cláusula de barreira. Nesses casos, o cálculo será feito a partir da média dos últimos 10 anos ou durante todo período de contribuição, se for mais benéfico ao servidor, mas não inclui a gratificação com tempo inferior a 10 anos.

O mesmo procedimento de cálculo a partir da média dos últimos 10 anos está previsto para as gratificações vinculadas a desempenho, produtividade e similares. Para professoras e professores das Universidades Estaduais da Bahia isso pode atingir quem recebe adicional de produtividade e insalubridade, por exemplo. A cláusula de barreira dos 10 anos também abarca outros tipos de gratificação, como o adicional de titulação.

Estas alterações que estipulam o prazo dos últimos 10 anos para contabilização de direitos na aposentadoria não estão presentes na Reforma da Previdência do governo Bolsonaro (EC 103/2019). Portanto, a decisão de restringir direitos aos servidores com tais medidas não se trata de uma imposição judicial de conformidade com a Reforma federal.

“É ultrajante que nós, servidores públicos da Bahia, enfrentemos mais uma Reforma da Previdência, especialmente em uma realidade de congelamento salarial. Rui Costa se diz contra Bolsonaro, mas na prática ataca o funcionalismo de forma ainda mais violenta. Podemos dizer que Rui Costa é um vanguardista da retirada de direitos previdenciários no Brasil, já que diversas alterações previstas na PEC 163/21 não possuem paralelo nem mesmo na União”, afirma Alexandre Galvão, presidente da Adusb.

De acordo com a nota da assessoria jurídica da Adusb, as cláusulas de barreira atingirão “substancialmente quem já está no serviço público há mais tempo e que desejava se utilizar das regras de transição estabelecidas na EC 26/2020 para quem ingressou no Estado antes de 31/12/2013”.

Vale lembrar que o governo Rui Costa já havia sinalizado ao movimento docente a posição de implementação da cláusula de barreira dos 10 anos, quando propôs em 2019 a inclusão dela como imposição para liberação das mudanças de regime de trabalho. O que foi rechaçado pela categoria, por não abrir mão de direitos trabalhistas. Parte das mudanças de regime de trabalho dos docentes da UESB foram autorizadas pelo Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA) por meio de ação movida pela Adusb e estão em fase de implementação. Outras ações com o mesmo objetivo seguem em tramitação.

Mudanças para inativos

A PEC 163/2021 busca igualar a Bahia aos parâmetros da Reforma da Previdência Federal no que se refere à contribuição das pessoas com deficiência ou doenças incapacitantes aos demais servidores públicos. O projeto revoga o trecho que permitia contribuição apenas sobre as parcelas de proventos que superavam o dobro do limite máximo estabelecido para os benefícios do regime geral de previdência social.

Regras de transição

A última Reforma da Previdência da Bahia (EC 26/2020) estabeleceu regras de transição mais duras para aquisição de benefícios e para o próprio requisito da aposentadoria. Algumas associações de servidores públicos ingressaram com ação contra as mudanças e receberam limitar do TJ-BA com autorização para manutenção das regras presentes nas EC 41/03 e EC 47/05.

Para impedir que servidores sejam beneficiados com decisões deste tipo, a nova Reforma da Previdência pretende revogar completamente a utilização de regras de transição mais antigas, passando a adotar exclusivamente as que constam na EC 26/2020.

O governo Rui Costa pretende ainda fazer com que os efeitos da nova Reforma da Previdência da Bahia (PEC 163/2021) sejam retroativos à data da EC 26/2020. A nota da assessoria jurídica da Adusb considera que “esta mudança ao prever efeitos retroativos ofende frontalmente a garantia constitucional do direito adquirido e do ato jurídico perfeito, que estão previstas no art. 5º, inc. XXXVI, da Constituição Federal”.

Outros ataques

Além da PEC 163/2021, segue em tramitação na Assembleia Legislativa o PL 24.196/2021, que também altera o Regime Próprio de Previdência dos Servidores Públicos do Estado da Bahia. Na mensagem aos deputados de envio do projeto, o governo solicita que o mesmo tramite em regime de urgência. A assessoria jurídica da Adusb está realizando estudo sobre os possíveis ataques presentes no PL 24.196 e divulgará os resultados em breve.

A Adusb levará a pauta da Reforma da Previdência da Bahia para discussão no Fórum das ADs para deliberação de ações políticas e jurídicas conjuntas do movimento docente.  

Fonte: adusb.gov

Preço do gás de cozinha volta a subir nesta segunda (14)

Preço do gás de cozinha volta a subir nesta segunda (14)

O preço médio de gás de cozinha sofreu reajuste de 5,9% nas distribuidoras, passando para R$3,40 por quilograma (kg), o que representa aumento médio de R$ 0,19 por kg. A Petrobras anunciou o aumento na última sexta-feira (11) e o novo valor passa a ser aplicado a partir desta segunda-feira (14). Em maio, o preço do gás de cozinha subiu 1,24%, em média, em todo o Brasil, segundo o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). Já o gás encanado teve aumento de 4,58%.

Fonte: Agora Sudoeste

A banda macaubense Fulô do Mamulengo, lança hoje às 18h, seu novo Álbum.

A banda macaubense Fulô do Mamulengo, lança hoje às 18h, seu novo Álbum.

Hoje às 18h no canal do yotube da banda de forró "Fulô do Mamulengo", da cidade de Macaúbas, lançamento do seu novo album Intitulado “Não me declarei pra ela”, conta com a participação de renomados forrozeiros como Targino Gondim; Waldonys; Ari PB – cantor da Banda Cacau com Leite; Paulinha Abelha, da Banda Calcinha Preta; Cezzinha do Acordeon; Ito Moreno; Chambinho do Acordeon; Zeu Azevedo, Aloysio Cruz e Adelmário Coelho. A música de trabalho, que dá nome ao disco, contou com participação especial de Targino Gondim e teve como inspiração sua canção “Esperando na Janela”, que consagrou o mesmo no cenário musical; O compositor, músico e um dos formadores da Banda, Silvinho Moreno, apresentou um dos possíveis desfechos para a música de Targino Gondim : “Afinal, ele se declarou ou não pra ela? “ se perguntava o compositor. Assim, surgiu sua inspiração para esta que tem tudo para ser uma das músicas que embalarão as noites juninas no nosso Brasil.

ACESSE - SIMPLESMENTE IMPERDÍVEL!

youtube.com/fulordemamulengo

 

Rui Costa faz sério alerta sobre risco de nova onda do coronavírus após São João na Bahia

Rui Costa faz sério alerta sobre risco de nova onda do coronavírus após São João na Bahia

Durante coletiva de imprensa na manhã desta quinta(10), o governador Rui Costa alertou para os riscos de um expressivo crescimento de casos da Covid-19 com mais registros de morte com o agravamento da doença e a alta ocupação de leitos de UTI no estado. A declaração foi feita após a inauguração da 17ª Policlínica Regional de Saúde, com sede em Eunápolis e que atende 7 cidades. Rui chamou a atenção que para conter uma nova do onda de coronavírus, já agora no mês de Julho, é preciso que a população colabore não promovendo aglomerações e evitando grandes festas como os tradicionais eventos juninos neste período.

Fonte: Brumado Urgente

Laboratório registra dois tremores de terra em Jacobina

Laboratório registra dois tremores de terra em Jacobina

A cidade de Jacobina, no norte da Bahia, registrou dois novos tremores de terra nesta quinta-feira (10). Os abalos foram captados durante a madrugada, à 1h40, e às 8h06, de acordo com o Laboratório Sismológico (LabSis) da Universidade Federal do Rio Grande do Norte, que monitora a região. Segundo o laboratório, os dois tremores atingiram a magnitude 1.6 mR, considerado de baixa intensidade. De acordo com o LabSis, não há informações de que moradores tenham escutado ou sentido o evento desta quinta-feira. Na segunda-feira (7), outro tremor foi registrado no município. De acordo com o G1, na ocasião, o LabSis informou que o abalo foi de 1.6 mR. O laboratório informou ainda que segue o monitoramento contínuo de eventos sísmicos e tem informado à Defesa Civil sobre as ocorrências. Entre fevereiro e março deste ano, pelo menos quatro abalos foram registrados no município. No dia 18 de março, dois tremores, com magnitude de 2.2 mR e 1.7 mR, ocorreram em Jacobina. Em 3 de fevereiro, mais um abalo, desta vez de 2.7 mR, ocorreu na região. Este, de intensidade mais alta, chegou a ser escutado pelos moradores da cidade.

Fonte: Achei Sudoeste

Sindicato promove mobilização cobrando imunização dos bancários na Bahia

Sindicato promove mobilização cobrando imunização dos bancários na Bahia

O Sindicato dos Bancários de Vitória da Conquista está mobilizando uma campanha para imunização da categoria. Em entrevista ao site Achei Sudoeste, Leonardo Viana, presidente da entidade, ressaltou que o serviço bancário é considerado essencial e, assim sendo, os trabalhadores não pararam de atuar em nenhum momento durante a pandemia. “Estamos trabalhando incansavelmente, atendendo presencialmente inclusive. A gente vem tentando o diálogo com o Ministério da Saúde, com o Governo do Estado e com as prefeituras. A categoria vem adoecendo bastante e isso também coloca em risco a população que busca o serviço nas agências bancárias”, afirmou. Para se ter uma ideia, nos primeiros três meses de 2021 comparado a todo ano de 2020, houve um aumento de 176% no encerramento de contratos de trabalho de bancários por morte em virtude da pandemia. Em Brumado, segundo adiantou Viana, o sindicato assinou um requerimento para inclusão da categoria no plano prioritário de imunização. “Mas estamos tendo dificuldades para operacionalizar esse requerimento, que foi aprovado pela Câmara de Vereadores”, disse. Para o presidente sindical, falta bom sendo das autoridades em fazer essa inclusão, visto que o Plano Nacional de Imunização fala em manter em funcionamento os serviços essenciais. 

Fonte: Achei Sudoeste

Justiça Federal autoriza Malhada de Pedras celebrar convênios mesmo com débitos de INSS

Justiça Federal autoriza Malhada de Pedras celebrar convênios mesmo com débitos de INSS

Uma liminar da Justiça Federal autoriza o município de Malhada de Pedras, a 39 km de Brumado, a celebrar convênios mesmo com o débito de mais de R$ 10 milhões deixado pela ex-prefeita Terezinha Baleeiro Alves Santos (PP) (veja aqui). Segundo apurou o site Achei Sudoeste, o assessor jurídico Arlito Lucas e o procurador do município Irenaldo Muniz não se intimidaram no que diz respeito a procurar meios legais para impedir que o município se abstenha de crescer, fique paralisado e engessado por causa desse débito. Enxergando a grande dificuldade pela qual os municípios atravessam com a falta de recursos, a crise provocada pela pandemia, o impedimento de vir a celebrar convênios devido ao débito herdado de INSS, os advogados do município pleitearam junto à Justiça Federal uma ação com o objetivo de suspender temporariamente os débitos de INSS deixados, para que o município se libere neste momento e consiga alavancar recursos em forma de convênios. No último dia 28 de maio, a justiça concedeu o pleito dos advogados e suspendeu por 180 dias a exigibilidade do débito, liberando assim a sua certidão negativa com efeito de positiva, a qual já está dando respaldo ao atual prefeito Carlos Roberto Santos da Silva (PSD), o Beto de Preto Neto, a celebrar junto ao estado convênios de grande importância para o município.

Fonte: Achei Sudoeste

Bahia mantém mesma alíquota de cobrança de ICMS sobre preço de combustíveis há quatro anos, afirma Governo

Bahia mantém mesma alíquota de cobrança de ICMS sobre preço de combustíveis há quatro anos, afirma Governo

Nas últimas semanas circularam informações afirmando que na Bahia são registrados os maiores valores de cobrança de ICMS sobre combustíveis entre os demais estados. De acordo com o Portal da transparência do Governo estadual, a informação falsa não encontra parâmetro de validação na realidade da Bahia. “Prova disso é que mesmo a última atualização dos preços referenciais para o diesel S10 tendo ocorrido em 1º de fevereiro, os postos seguiram reajustando o combustível nos últimos meses em percentuais expressivos, totalizando um aumento de 21,75%.” diz a nota, que informa ainda que “os reajustes ocorreram inclusive ao longo dos meses de março e abril, a despeito da desoneração de impostos federais sobre o diesel neste período, promovida pela União como forma de compensar os aumentos nas refinarias”. Conforme a nota, o Governo do Estado, neste período, fez apenas duas atualizações sobre o valor de referência para cobrança do ICMS sobre combustíveis e não aumentou a alíquota. O valor de referência reflete o preço que o consumidor paga nos postos de combustíveis. De acordo com a Secretaria da Fazenda do Estado, o Governo da Bahia mantém a mesma alíquota do ICMS para combustíveis há quatro anos. Segundo o Governo, a Petrobras mudou a política de preços e vem seguindo o mercado internacional, o que resultou, nos últimos meses, em significativo aumento no valor dos combustíveis tanto nas refinarias como nos postos. Entre os meses de outubro de 2020 a maio de 2021, o reajuste foi de 46% na refinaria e, de acordo com pesquisa feita pela Agência Nacional de Petróleo (ANP), os postos acompanharam o mesmo percentual de reajuste. Já o preço base utilizado pelo Governo do Estado teve ajuste de 31%, ou seja, 15 pontos percentuais abaixo do reajuste praticado por refinarias e postos. Dessa forma, o valor de referência cobrado na Bahia ainda está abaixo do que é praticado pelo mercado atualmente. 

Fonte: 97news

Jacobina: Novo tremor de terra de baixa magnitude é registrado

Jacobina: Novo tremor de terra de baixa magnitude é registrado

Um novo tremor de terra foi registrado em Jacobina, no Piemonte da Diamantina. O abalo ocorreu na tarde desta segunda-feira (7), no horário de 14h38, e registrou magnitude 1.8, índice que representa baixa magnitude. O fato foi registrado pelo Laboratório Sismológico da Universidade Federal do Rio Grande do Norte – Labsis da UFRN. Ao Bahia Notícias, o superintendente da Defesa Civil do Estado [Sudec], Paulo Luz, informou que não houve registro de problemas com moradores e imóveis. Ainda segundo o Labsis, antes do evento dessa segunda, o último abalo tinha ocorrido no dia 25 de maio. No dia, o fenômeno teve magnitude de 1.2, também de baixa magnitude, sem risco para a população. 

Fonte: Brumado Urgente

Covid: Escolas de Salvador registram mais de 120 casos em um mês de aulas semipresenciais

Covid: Escolas de Salvador registram mais de 120 casos em um mês de aulas semipresenciais

As aulas em modo semipresencial foram autorizadas a partir do dia 3 de maio em Salvador. De lá até 30 de maio, 121 casos de Covid-19 em instituições de ensino foram registrados pela Secretaria Municipal de Saúde (SMS).

Os dados foram disponibilizados pela própria pasta ao Bahia Notícias e apontam que os casos ocorreram em 54 escolas, sendo 35 públicas e 19 particulares. A secretaria não divulga os nomes das instituições, mas ao longo deste período a imprensa repercutiu episódios de suspensão de aulas no Colégio Antônio Vieira, no Colégio Anchieta e outros. 

Diante de um caso recente, a assessoria do Antônio Vieira, por exemplo, reforçou que a suspensão é comum e tem sido adotada ao detectar cada caso suspeito, não apenas os confirmados. Essa e outras unidades de ensino reforçam a segurança de suas instalações e protocolos para estudantes, professores e funcionários no meio da pandemia.

Por outro lado, professores pedem a manutenção das aulas em modo remoto até que toda a categoria seja imunizada com as duas doses das vacinas contra a Covid-19. O Sindicato dos Professores no Estado da Bahia (Sinpro-BA), dos profissionais da rede privada, manteve a decisão de não retorno às salas de aulas, mas retirou o indicativo de greve, no último dia 1º. Já os trabalhadores da rede pública municipal, em reunião realizada na última semana, decidiram pela manutenção do estado de greve enquanto realizam o trabalho de forma virtual.

Os associados à Associação dos Professores Licenciados do Brasil (APLB) - Salvador vão também intensificar o diálogo com os pais, alunos maiores de idade, especialmente os da Educação para Jovens e Adultos (EJA), e associações de bairros, além de manter as denúncias nas redes sociais sobre as interdições decorrentes de contaminações nas escolas, "informações distorcidas" ditas pelo Executivo municipal à imprensa, e as posturas "negacionistas e genocidas" do governo do presidente Jair Bolsonaro.

Em meio a essa disputa, que atualmente coloca poder público e setor privado de um lado e a categoria profissional do outro, o Bahia Notícias pediu a avaliação de um infectologista sobre a situação. Para o especialista Igor Brandão, que trabalha nos hospitais Aliança e da Bahia e coordena o serviço de imunização do laboratório DNA, os mais de 120 casos de Covid-19 registrados não justificam o fechamento das escolas, já que os casos da doença em crianças existiam mesmo antes da reabertura.

"Segundo diversos estudos internacionais e algumas experiências nacionais, é conhecido pela comunidade científica médica que a abertura das escolas tem pouco ou nenhum impacto no avanço da doença. Dado que não significa que devemos menosprezar a Covid-19 nas crianças. Sabemos que ainda assim é uma doença muito dinâmica e pode até levar uma criança a óbito em poucos casos. Logo, acredito que este número esteja dentro do esperado e devemos tratar a educação infantil, principalmente, como prioridade", defendeu o infectologista.

Na avaliação de Brandão, os protocolos de segurança nas escolas foram "muito bem desenvolvidos pelos governos federal, estadual e municipal", além de que cada escola fez suas adaptações. Ele chama atenção para os danos da pandemia à educação após mais de um ano com as escolas fechadas ao destacar que elas deveriam ser priorizadas antes da reabertura de bares, restaurantes, shoppings e outros estabelecimentos comerciais.

"Sabemos que vai aumentar ainda mais a evasão escolar, risco nutricional, aumento do analfabetismo, aumento da violência e gravidez nas crianças e adolescentes. A escola é fundamental para diminuir a desigualdade social e para também educar as crianças e adolescentes na higienização das mãos, uso da máscara e distanciamento social", argumenta.

O infectologista compara ainda o impacto da Covid-19 com o da Influenza na população infantil. De acordo com ele, dados da Sociedade Brasileira de Imunização e Pediatria indicam que a segunda tem mortalidade duas a três vezes maior nas crianças.

O BN tentou ouvir também a Secretaria Municipal de Saúde para questionar se os números estão dentro do esperado ou se os protocolos serão reforçados diante da iminência de uma terceira onda da pandemia, mas a pasta não concedeu uma entrevista até a publicação desta matéria.

Fonte: Brumado Urgente

Bancários suspendem greve por reunião com governo federal para discutir vacinação

Bancários suspendem greve por reunião com governo federal para discutir vacinação

O Sindicato dos Bancários da Bahia (SBBA) e a Federação da Bahia e Sergipe (Feeb) decidiram suspender a greve em discussão para esta terça-feira (8) após conseguirem uma audiência com o governo federal. A Secretaria Especial de Previdência e Trabalho, vinculada ao Ministério da Economia, vai se reunir com as entidades para discutir a inclusão da categoria no Plano Nacional de Imunização (PNI) contra a Covid-19.

O encontro, que é fruto das tentativas de negociação iniciadas em dezembro de 2020, terá ainda a participação da Federação Nacional dos Bancos (Fenaban) e da Federação Brasileira de Bancos (Febraban). 

O presidente da SSBA, Augusto Vasconcelos, ressaltou a importância de todo o movimento realizado anteriormente, como a carreata que aconteceu no último sábado (5), na Bahia e em Sergipe, e aponta que a reunião é o primeiro passo para que a categoria seja imunizada. “O objetivo da paralisação foi alcançado, que é conseguir o diálogo com o governo, porém a luta não acabou. Fizemos uma fundamentação técnica científica que será apresentada para respaldar a imunização da categoria”, acrescentou Vasconcelos.

Eles ressaltam que bancários, vigilantes e prestadores de serviço não pararam durante a pandemia, prestando serviços considerados essenciais, como o pagamento do auxílio emergencial, e enfrentando aglomerações. Com isso, mais um ato é realizado na manhã desta terça (8), em frente à sede da Prefeitura de Salvador.

Fonte: Brumado Urgente